Tempos difíceis para os EUA! Quando a maré vira, VIRA!

19 de setembro de 2013

Distribuído pelo Coletivo Vila Vudu

O senador McCain resolveu 'responder' à coluna que Putin fez publicar no New York Times, na qual Putin DETONOU o tal de 'excepcionalismo' de que Obama falara (e que já foi chamado de "onanismo nacional norte-americano"[1]). Então McCain mandou sua 'resposta' para o portal Pravda, que publicou.

Hoje, deu no Guardian:[2]


"O secretário de imprensa de Putin, Dmitry Peskov, disse que o presidente russo lerá, logo que possa, mas que não responderá. "Claro que leremos" – disse Peskov à imprensa russa. – "O senador McCain tem fama de não gostar muito do presidente Putin. Mas não haverá polêmica, é claro, em torno da opinião de uma única pessoa, que vive do outro lado do mundo."

A escolha de McCain pelo portal Pravda tem ressonância histórica. O Pravda foi o jornal oficial da União Sovética, mas o portal de notícias Pravda.ru na Internet só foi criado depois de o famoso jornal russo já não existir, vendido que foi nos primeiros anos do colapso da URSS.

Há hoje na Rússia feroz disputa sobre qual seria o Pravda "real", porque o Pravda impresso é hoje o jornal oficial do Partido Comunista da Rússia.

Nem o Pravda impresso nem o portal Pravda têm grande número de leitores, e analistas russos observaram que há inúmeras outras páginas de internet e jornais impressos na Rússia, hoje, que teriam publicado a coluna de McCain.  

"McCain 'respondeu' a Putin pelo Pravda?! Morreu nos anos 1980s e nem sabe" – escreveu Dmitry Trenin, Diretor do Centro Carnegie de Moscou, pelo Twitter. "Só descobri que ainda existe Pravda, quando aceitaram a coluna que McCain ofereceu." [pano rápido]


**************************************

0 comentários:

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions