Micarla de Sousa: Boi de piranha

10 de novembro de 2012

Boi de piranha é aquele boi que, na travessia de um rio com piranhas, o vaqueiro sacrifica para que os demais possam passar em segurança. O boi de piranha é jogado ao rio e, enquanto as piranhas o devoram, os vaqueiros fazem o resto do gado seguir a travessia.
Por isso, boi de piranha virou sinônimo de quem é sacrificado para preservar seus chefes.
Micarla de Sousa, prefeita afastada de Natal, parece se vestir do papel de boi de piranha. Micarla está na política há oito anos. As pessoas em volta dela, que hoje são poupados pela lupa e lente da imprensa, lideram esquemas corruptos há décadas sem fim.
Talvez seja esse o caso de Henrique Alves. Em uma das conversas de Cláudio Varela flagradas pela investigação da Operação Assepsia, ele diz que Henrique toma extremos cuidados. Por isso são 44 anos na Câmara sem responder sequer um processo. E agora será presidente da Casa. Mas Henrique também tem seus rabos de palha.
Há uma chance de fazermos um enfrentamento real da corrupção no estado. O conjunto das operações recentes do MP desmonta vários núcleos corruptores e corruptos que vicejam há décadas aqui. Diante deles, Micarla de Sousa é café pequeno. Na verdade, termina sendo puro boi de piranha.
A Operação Assepsia demonstra com clareza a participação de Henrique Alves no esquema, por exemplo. Mas Henrique fatalmente será presidente da Câmara dos Deputados porque nenhum veículo de imprensa nacional, mesmo os mais progressistas, ou os blogs se interessaram em contar a história das Organizações Sociais.
Nenhum se interessou em perceber e publicar as linhas da denúncia contra o ITCI que relacionam Cláudio Varela e mostram o encontro de Henrique Alves com Tufi Meres, líder da Associação Marca. Varela esclarece que Henrique era muito cuidadoso porque iria ser presidente da Câmara. Parece que vai mesmo

0 comentários:

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions