Quando o gráfico desmente o texto

26 de dezembro de 2012

A Folha/UOL hoje fez um exercício retórico constrangedor. 
Enfocou a queda do PIB/Capita no Brasil entre 2011 e 2012. A informação é real. A queda foi em torno de 9%. Ainda assim, o texto informa que o resultado se deveu ao crescimento pequeno do PIB aliada à desvalorização do Real frente o Dólar. 
Ou seja, na real o único indicador que empurrou o PIB/Capital para baixo foi o câmbio, não o PIB.
Mas isso não é o pior.
O pior foi o gráfico. Ele mostra que em 2002, último ano do governo FHC, o PIB/Capita era US$ 2.910,00. Até 2011, o valor cresceu, alcançando US$ 12.830,00 ano passado.  Um aumento de mais de 400%. Esse ano, o valor caiu para US$ 11.670,00. O valor ainda é quatro vezes maior que em 2002.
Ainda assim, a ênfase é "para baixo" indicando que a renda per capita em dólar teve a maior queda desde 2002. Destaque-se que os valores são em dólares.
O outro comparativo me parece forçado: ou parece razoável comparar o poder de compras do brasileiro com o norte-americano? Qual o parâmetro de medição?
Matéria muito estranha essa.


0 comentários:

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions