Henrique reclama do São Francisco mas esquece do DNOCS

24 de janeiro de 2013

O deputado federal Henrique Alves (PMDB) veio a público falar dos atrasos nas obras de Transposição do Rio São Francisco. O assunto foi tema de matéria do Fantástico, no domingo.
Henrique, de repente, esqueceu que é o responsável político pelo principal órgão federal de enfrentamento e obras para seca, o DNOCS. E que seu antigo presidente, Elias Fernandes, que ele pretende acomodar na Secretaria de Recursos Hídricos do RN, saiu do DNOCS sob acusação, por parte da CGU, de desvios que superavam os R$ 300 milhões - além do privilégio a prefeituras aliadas.
Até mesmo a Bonacci, empresa de Fernando Leitão e do antigo chefe de gabinete de Henrique, Aluizio Almeida, foi beneficiada com recursos do DNOCS - por que um empreiteiro seria chefe de gabinete de um deputado?
Diante disso tudo, por que Henrique pode reclamar do São Francisco?
Somente no mês de janeiro, ao menos duas matérias nos jornais cearenses reclamaram do estado de abandono das obras dos perímetros irrigados do DNOCS e da falta de pagamento de indenizações por parte do órgão em virtude de obras. O órgão federal ainda orbita em torno do PMDB de Henrique Alves.

0 comentários:

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions