Incompetência faz estado perder R$ 45 milhões para a Saúde

18 de janeiro de 2013

Por Cezar Alves
http://defato.com/blog/retrato-do-oeste/2013/01/18/governo-federal-cancela-envio-de-r-45-milhoes-para-a-saude-do-rn/


Através da Portaria 48/2013, o Ministério da Saúde suspendeu o repasse de quase R$ 45 milhões para ampliar UTIS e SAMU, assim como construir UPAs no Rio Grande do Norte.

A decisão do MS foi tomada depois que técnicos visitaram RN e verificaram que o Plano de Ação da Rede de Atenção às Urgências não estava sendo seguido como planejado.

Dos R$ 45 milhões, mais de R$ 30 milhões eram destinados para Natal. Neste caso, mais de R$ 20 milhões foram perdidos devido a incompetência da Prefeitura de Natal.

O restante foi perdido devido a incompetência do Governo do Estado, que não seguiu corretamente o Plano de Ação de Atenção às Urgências.

Isto na prática está bem evidente, quando mostra o Governo do Estado incompetente para resolver os problemas em curto prazo. Hospital Walfredo Gurgel continua um caos.

A Portaria 48/2013 foi publicada neste dia 17, no final da tarde. Quem a tornou pública foi o secretário de saúde Jailmir Simões, de São Gonçalo do Amarante, que ficou indignado.

Devido a “gestão” da Sesap/Prefeitura de Natal:

Ceará Mirim perdeu R$ 1.614.720,00

Lajes perdeu R$ 2.040.000,00;

Macaíba perdeu R$ 2.948.820,00;

Parnamirim perdeu R$ 4.501.440,00
São Gonçalo do Amarante perdeu R$ 2.526.720,00

Natal perdeu R$ 10.097.460,00 da gerência própria e mais R$ 20.903.223,84 da gerência do Estado.

Aguardamos agora as explicações do Governo do Estado e da Prefeitura de Natal.

0 comentários:

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions