#AldeiaMaracana: PMs e manifestantes entram em conflito no entorno do museu

22 de março de 2013

http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,pm-e-manifestantes-entram-em-conflito-no-entorno-do-museu-do-indio-no-rio,1011938,0.htm

Representantes do governo do Estado e policiais militares foram ao antigo Museu do Índio, no Maracanã, zona norte, na madrugada desta sexta-feira, 22, para desocupar o prédio histórico, habitado desde 2006 por um grupo indígena.

O governo quer demolir o casarão para urbanizar o entorno do estádio do Maracanã para a Copa de 2014 e obteve ordem na Justiça para que os índios deixem o edifício.

No fim da madrugada, militantes de movimentos sociais, que apoiam os índios, fecharam a Avenida Radial Oeste em protesto pela desocupação. A polícia reagiu com bombas de efeito moral e dois ativistas foram detidos. Homens do Batalhão de Choque foram ao local e o clima ficou tenso. Os índios colocaram barricadas no portão de acesso ao antigo museu.

O casarão em ruínas construído em 1866, onde funcionou o museu entre 1953 e 1978, é habitado por 22 índios. Eles dizem que deixarão o local pacificamente se houver garantia de que o imóvel será restaurado e usado para difusão da cultura indígena. O governo do Rio pretendia demolir o prédio e usar o terreno como estacionamento, além de construir ali uma área de lazer.

Diante do protesto dos índios e de movimentos sociais, em janeiro o governo desistiu de demolir o prédio e se comprometeu a discutir com a Prefeitura do Rio o uso que seria dado a ele. O grupo manteve a ocupação.

0 comentários:

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions