Henrique defende Elias Fernandes: "Não existe acusação"

22 de março de 2013

No Portal no Ar

Os dois nomes de maior expressão do PMDB, ministro Garibaldi Filho e o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves, tiveram atitudes diferentes quando questionados acerca da Operação Cactus, desencadeada pela Polícia Federal na quinta-feira (21) e que apreendeu documentos na casa do secretário-geral do partido, o ex-diretor-geral do Dnocs, Elias Fernandes.

Garibaldi não quis comentar acerca do assunto e disse que não iria se pronunciar “porque estava acompanhando a visita do ministro (da Saúde, Alexandre Padilha)”, que está no hospital Walfredo Gurgel.

Já o deputado Federal Henrique Alves afirmou que “não existe acusação contra Elias (Fernandes)”. O parlamentar não acredita em “envolvimento no esquema fraudulento”. “Elias está disposto e colaborando com toda investigação”, assegurou.

O presidente da Câmara dos Deputados garantiu que o ex-diretor-geral do Dnocs “não vai negar qualquer informação que seja solicitada”

0 comentários:

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions