Preso, sem roupas, suspeito de Boston morre com múltiplos ferimentos à bala e estilhaços

19 de abril de 2013

A Polícia de Boston prendeu, de madrugada, um dos suspeitos do atentado à bomba da última segunda-feira.
Nas imagens, o sujeito aparece algemado e nu, sendo colocado no banco de trás de uma viatura da Polícia.  Ele ficou sem roupas para passar pela revista.  Aparentemente, pelas imagens, não há ferimentos graves.


Acontece que o suspeito morreu.
Parece ação das polícias brasileiras.
Diz o The Boston Globe que,
durante o tiroteio, o homem conhecido como o suspeito n º 1 ficou ferido e foi levado em custódia. Esta manhã, o Dr. Richard Wolfe disse que o homem foi levado para o  Israel Deaconess Medical por volta da 1h10 da madrugada, com múltiplas lesões traumáticas.
"Foi mais do que ferimentos de bala'', Wolfe disse a repórteres por volta das 5h30 de hoje. "Foi uma combinação de lesões. Nós acreditamos que uma combinação de ferimentos de explosões e múltiplos ferimentos de bala."
Wolfe disse que parecia que o suspeito tinha sido ferido por um "dispositivo explosivo'' e que o homem foi atingido por" estilhaços.'
Não faz muito sentido, a partir das imagens do homem detido - que não parece ter "múltiplos ferimentos de bala" nem "estilhaços". 
Será que a Polícia de Boston assumiu algumas práticas das polícias brasileiras? 
Prática estúpida, diga-se, porque executa um suspeito sem ter tempo de extrair dele informações que poderiam ser fundamentais para entender detalhes do crime.
Será que alguém se interessará em fazer tais perguntas?

P.S.: Em texto da NBSNews, uma fonte afirma que "o suspeito morto (...) tinha dispositivo explosivo improvisado amarrado em seu peito". 

0 comentários:

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions