PF descobre o telefone que liga desligado!

2 de junho de 2013

Por Fernando Brito

No Tijolaço

A “apuração” da origem dos boatos que geraram a corrida aos terminais de pagamento da Caixa para sacar os benefícios do Bolsa Família vai se tornando, com o patrocínio da mídia, a cada dia mais digna do Inspetor Clousaeu, o personagem impagável de Peter Sellers no “A pantera cor-de-rosa”.

Agora, segundo a Folha, teriam descoberto que a ligação partiu de uma central telefônica clandestina no Morro do Alemão, no Rio, para um telefone que estava desligado pela operadora.

Calma, querido leitor, não estou delirando. Vou transcrever a Folha:

“Investigadores que apuram o envolvimento de empresa de telemarketing no Rio no caso descobriram que um beneficiário do programa recebeu a suposta ligação em uma linha telefônica ilegal, procedente do morro do Alemão.
A linha irregular cria obstáculos para o rastreamento da chamada. Para os investigadores, a suspeita é que o telefonema tenha sido feito por uma central comunitária instalada na favela.
Uma operadora informou à PF que o telefone do beneficiário cadastrado no Bolsa Família estava desconectado por falta de pagamento.”

Quer dizer que temos agora um “gatofone”, como a “gatonet”, sem número ou assinante? Bom saber, pois com as tarifas do jeito que são, o povão vai adorar.

E o telefone que recebe chamada mesmo cortado? Uau, queremos um destes, nunca mais pagamos uma continha sequer.

Melhor que isso só repórter que não pergunta e polícia que não descobre crime político por causa da politização.

0 comentários:

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions