Sindicato de domésticas do RN deve processar jornalista

27 de agosto de 2013


http://m.g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2013/08/jornalista-diz-que-medicas-cubanas-parecem-empregadas-domesticas.html

A declaração de uma jornalista do Rio Grande do Norte sobre a aparência das médicas cubanas que chegaram ao Brasil para trabalhar no Programa Mais Médicos gerou polêmica nas redes sociais nesta terça-feira (27). A jornalista Micheline Borges publicou que as médicas têm cara de "empregada doméstica" e questiona se as mulheres são mesmo profissionais da saúde. "Será que são médicas mesmo?", contesta. Ela excluiu a conta na rede social após a repercussão da mensagem, que gerou mais de cinco mil compartilhamentos até as 16h desta terça. Após a repercussão, a jornalista excluiu a conta na rede social. 

"Me perdoem se for preconceito, mas essas médicas cubanas tem uma Cara de empregada doméstica. Será que São médicas Mesmo? Afe que terrível. Médico, geralmente, tem postura, tem cara de médico, se impõe a partir da aparência...Coitada da nossa população. Será que eles entendem de dengue? Febre amarela? Deus proteja O nosso povo! (sic)", diz a mensagem postada durante a manhã. 

Ao G1 , a jornalista pediu desculpas aos que se sentiram ofendidos e afirmou ter sido foi mal interpretada. "Foi um comentário infeliz, só gostaria de pedir desculpas, fiquei muito angustiada. Ganhou uma proporção muito grande nas redes sociais, onde as pessoas interpretam do jeito que querem. Não tenho preconceito com ninguém, não quis atingir ninguém, nem ferir a imagem nem a profissão de ninguém", declarou.

Justiça

O diretor do Sindicato das Empregadas Domésticas do Rio Grande do Norte, Israel Fernandes, informou que vai analisar a possibilidade de entrar na Justiça contra a jornalista.  "Isso é um absurdo. Em pleno século 21 uma pessoa ainda ter esse tipo de pensamento. Não acredito que essa moça seja jornalista mesmo. É racismo, discriminação, é crime. Vou me reunir com os demais membros do sindicato para analisar a possibilidade de entrar na Justiça. Ela vai responder por esses crimes".

2 comentários:

Unknown disse...

Merece um processo por danos com indenização para aprender a respeitar as pessoas. Onde essa senhora estudou para se sentir no direito de julgar as pessoas pela aparência? Cadeia nela!

Sinner disse...

COMPANHEIROS DO SINDICATO DOS EMPREGADOS DOMÉSTICOS DO RN, ESTA MANIFESTAÇÃO POR ESCRITO DESTA "JORNALISTA" DEVE MESMO SER COMBATIDA COM PROCESSO, DISCRIMINAÇÃO É CRIME, E ESSES BURGUESINHOS ESTÃO SE ACHANDO NESSE EPISÓDIO DOS MÉDICOS CUBANOS. FALTA DE RESPEITO, FALTA DE VERGONHA, FALTA DE HUMANIDADE, FALTA DE EDUCAÇÃO,NA MINHA FORMA DE VER, DEVEM PAGAR COM O QUE ELES DEFENDEM DE MAIS CARO PRAS SUAS VIDAS $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$RRRRRRRRRRRRRRRR. OS REPRESENTANTES DESTA HONROSA CATEGORIA, DEVEM DEFENDER A IMAGEM DE SEUS ASSOCIADOS, QUE FOI DESMERECIDA NESSE INFELIZ POSICIONAMENTO. TODA SOLIDARIEDADE AOS EMPREGADOS DOMÉSTICOS. A REAÇÃO PRECISA SER DURA PRA QUE ELES NÃO SE SINTAM ACIMA DA LEI. JOSE ANTONIO.

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions