Desembargador nega abuso de autoridade e afirma que "medidas judiciais cabíveis serão adotadas"

30 de dezembro de 2013

Mesmo diante de tantos depoimentos e das eloquentes imagens filmadas por celular, o desembargador Dilermando Mota afirma que comentários em redes sociais foram "desmedidos e distanciados da realidade". 

Parece que distanciada da realidade está a sua nota.

Por Dilermando Mota

Em respeito à opinião pública, venho esclarecer o que de fato aconteceu nas dependências da padaria Mercatto, em data de ontem (29), que ocasionou uma série de comentários nas redes sociais, alguns desmedidos e distanciados da realidade.

A verdade é que, um simples e moderado pedido de esclarecimentos de um cliente a um garçom, que já havia sido solucionado,  gerou uma reação de um terceiro com ameaças, gritos e total desrespeito ao público presente.

Não houve abuso de autoridade como o propagado, mas somente uma atitude de defesa pessoal e da família presente, inclusive uma filha menor de dois anos de idade.

Sem nenhum propósito revanchista, as medidas judiciais cabíveis serão adotadas. 


0 comentários:

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions