#MensalaoTucano: Assassinatos, ameaças, operações policiais de intimidação

10 de fevereiro de 2014

No Blog do Cadu

Depois da Procuradoria-Geral da República, através do procurador-geral Rodrigo Janot ter pedido 22 anos de prisão para o ex-governador e atual deputado federal Eduardo Azeredo pelo caso do “mensalão” tucano (não mineiro!), o caso voltou à baila. Mesmo assim ainda há o risco de prescrição, se não sobre alguns personagens do caso, de todo o processo.


Mas qual o esquema montado em Minas Gerais pelo PSDB? Além do caixa dois montado em 1998 para a eleição de diversos tucanos de alta plumagem, há também suspeitas de assassinatos e ameaças de morte.


Quem diz? O ex-advogado do delator do esquema Nilton Monteiro, Dino Miraglia. Ele deixou o caso depois que sua casa foi invadida por delegados da Polícia Civil de Minas Gerais.



Mas o que realmente diz Miraglia sobre o “mensalão” do PSDB?


Ouça você mesmo (a)!


O áudio foi originalmente publicado (em partes) no site VioMundo

0 comentários:

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions