Machismo e homofobia em comercial da P&G com Malvino Salvador

9 de março de 2014

E a Procter and Gamble contrata Malvino Salvador para protagonizar uma campanha machista e, por que não dizer, homofóbica.

Inacreditável e inaceitável.
Passam por virtuais patrocinadores de tantos discursos dias homofónicas visões do tal "orgulho hétero":


Atualização:  Não é, portanto, coincidência que o Youtube sugira uma entrevista de Jair Bolsonaro após o vídeo do Old Spice:


31 comentários:

Calu disse...

Ola,
Olha, sinceramente nao achei o comercial machista... Ele nao ofende as mulheres, nem os homossexuais, ele simplesmente exalta os homens e a masculinidade. Sem ofender nem diminuir ningu'em.
Qual o problema disso?
Um comercial onde mulheres tem orgulho de ser mulheres, de sua feminilidade 'e OK. Um comercial exaltando e celebrando relacoes homoafetivas tambem 'e OK, mas um comercial celebrando a masculinidade 'e condenavel?
Acho que vc exagerou, hein?
Reveja seus conceitos....

Daniel Dantas Lemos disse...

Obrigado por seu comentário. Não porque mudar conceitos uma vez que meu post parte de alguém cuja atividade profissional-acadêmica é a analise do discurso.
E o discurso desse comercial, exaltando salvar a homenidade e o homem HOMEM é o mesmo discurso que levou, por exemplo, aquele pai, Alex, no Rio de Janeiro, a espancar até a morte seu filho de oito anos, também Alex, para que ele fosse homem, só porque o menino gostava de lavar a louça.
Espero que vc conheça melhor as noções de preconceito e de minoria social. Mas, resumindo a conclusão de uma analise fundamentada nesses pontos, não se mata por defesa de questões de gênero ou de orgulho gay. Mata-se por machismo e homofobia.
O preconceito atua no nível ideológico. Desse modo, ele é normalmente inconsciente. Vc comprova isso com seu comentário.

jopamacedo disse...

Aprendam uma coisa, gays: vocês precisam aprender a viver numa DEMOCRACIA! O que vocês quererm? Censurar? Impor seus modos de pensar? Sou totalmente contra a toda agressão que vocês sofrem. Mas isso é procurar pelo em ovo. O comercial diz apenas a verdade. Do ponto de vista sexológico, vocês NÃO são homens. Não estou aqui discutindo caráter, que não se resume à opção sexual. Se homem ou mulher é muito mais do que temos entre as pernas. Mas é isso.

Daniel Dantas Lemos disse...

Suponho, jopamacedo, que vc esteja, inclusive, querendo dizer que eu seria homossexual. Para sua surpresa, não sou.
Agora me fala umas referências bibliográficas que sustentem a tese que vc defendeu aí.

Andre Ferreira disse...

Vamos ter que começar a tomar cuidado quando dissermos que somos héteros, porque alguns sensacionalistas gays, querem fazer disso um crime.
Não encontrei preconceito no comercial.
Para ter mais pessoas no mundo precisa acontecer sexo entre homem e mulher, ou inventaram outra forma e não me comunicaram?
por isso que fala que eles "os HOMENS" vão salvar a especie.

Daniel Dantas Lemos disse...

Isso aqui responde um monte de bobagem que é dita por aí https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10152657699584056&set=a.10150139299834056.334415.537644055&type=1&theater

Aimê Schroeder disse...

Me assustei com esse comercial, parecia uma reunião de demônios

Blog Santacruzense disse...

Uma mulher pode ter orgulho de ser mulher, um gay pode ter orgulho de ser gay, porque um homem não pode ter orgulho de ser homem, isso é errado agora?

Sensacionalistas gays, deixem de tanta demagogia.

Lucas Almeida disse...

MIMIMI, eles fizeram um desodorante para homens, MIMIMI eles tem orgulho de serem héteros, MIMIMI cade os desodorantes para homossexuais.

O fato é que gays vitimistas consideram o próprio fato do homem ser HÉTERO como homofobia, lamentável.

naiara disse...

sinceramente, que dizer que ,mulheres podem se orgulhar de serem mulheres, gays podem se orgulharem por serem gays, mas os homens não podem se expressar e dizendo que tem orgulho de serem homens, que já se tornam homofóbicos? eu só acho que esse comercial só e apenas estavam exaltando a masculinidade deles, e seus atos que os tornam homens como cuidarem de suas mulheres, não vi nada de homofóbico, apenas homens sendo homens!

Meio de Campo disse...

Se tem algo que esse comercial não é, é homofóbico. Ele apenas exalta o homem dentro de cada um. E até onde sei, ser gay, não precisa deixar necessariamente de ser e agir como homem, de ser másculo. Esse comercial não diz para você deixar de ser gay. Ele apenas valoriza a masculinidade. Assim como há comerciais que valorizam as mulheres.

Daniel Dantas Lemos disse...

Como já disse: a ideologia exposta pelo comercial está por trás da morte de gente como o menino Alex, espancado pelo pai até a morte para aprender a ser Homem.

Tiago Fernandes disse...

respirar agora tbm é homofobia??? pelo amooor...

Ricardo disse...

Daniel Dantas Lemos reveja seus conceitos pois a maioria esmagadora 97% não viram nenhum problema no comercial somente você e mais 1 é que acharam chifre em cabeça de cavalo. Em ano de beijo gay na novela, casal de lesbicas no bbb14 e novela das 9 globais o povo já está ficando de saco cheio disso.

MILE disse...

Daniel, você não é o único...
É triste ver que a grande parcela não consegue enxergar a real mensagem do comercial. NÃO se trata de um simples comercial ingenuo. Ele propaga SIM o machismo. É como dizer que quem não usa esse desodorante de CABRA MACHO não é homem HOMEM e estabelece padrões comportamentais e até físicos que designa esse sexo. Segundo o comercial, quem não se encaixa nesse conceito de homem exibido na propaganda não é HOMEM de verdade.
É homofóbico SIM. Existe uma grande diferença entre sexo e gênero. Gênero é cultural. Implantaram nas cabeças das pessoas que mulheres são delicadas e homens são viris; mulheres devem preservar suas virgindades e homens devem mostrar suas masculinidades fazendo sexo com inúmeras mulheres.
Grande Observação sua Daniel, meu professor de sociologia debateu sobre esse comercial em sala de aula.
Você não é o único.

MILE disse...

Daniel, você não é o único...
É triste ver que a grande parcela não consegue enxergar a real mensagem do comercial. NÃO se trata de um simples comercial ingenuo. Ele propaga SIM o machismo. É como dizer que quem não usa esse desodorante de CABRA MACHO não é homem HOMEM e estabelece padrões comportamentais e até físicos que designa esse sexo. Segundo o comercial, quem não se encaixa nesse conceito de homem exibido na propaganda não é HOMEM de verdade.
É homofóbico SIM. Existe uma grande diferença entre sexo e gênero. Gênero é cultural. Implantaram nas cabeças das pessoas que mulheres são delicadas e homens são viris; mulheres devem preservar suas virgindades e homens devem mostrar suas masculinidades fazendo sexo com inúmeras mulheres.
Grande observação sua Daniel, meu professor de sociologia debateu sobre esse comercial em sala de aula.
Você não é o único.

douglas nascimento disse...

Daniel dantas o que podemos fazer se nós somos homens e você não?

Dado souza disse...

olha meu querido Daniel Dantas. sem intenção de ofender sua pessoa ,mas sua visão desse comercial é extremamente deturpada e leviana . Demonstra uma intolerância e autoritarismo gratuito . Para defender sua posição , vc ainda usou argumentos de autoridade como: "meu post parte de alguém cuja atividade profissional-acadêmica é a analise do discurso" como se isso sustentasse algum argumento . e vc tb constrói um falso raciocínio ao ligar o caso da morte de um garoto com a "ideologia " ,supostamente, encontrada no comercial . sua logica é a mesma da frase: Pessoas morrem em acidentes de carro, portanto carros não prestam. toda divulgação de veículos devem ser censurada .(alias , seu raciocínio é pior do que esse do carro. se quiser posso explicar o porque). Obs: a intenção não é ofender vc meu caro. só um embate de ideias . Fique na paz!

Comercial Shalon disse...

Com todo respeito não consigo entender esta perseguição contra quem é hétero, se tem passeata gay, beijação gay, baile gay, miss Brasil gay e...muitas outras coisa gay que os héteros espreitão como podemos ver a quantidade de héteros nestes eventos, então porque o hétero não pode ter um comercial que faz alusão a um produto seu, eu na minha ignorância e por ter amigos gay, acredito que os verdadeiros gay com sua vida alegre e sem preconceito não estão preocupado com esta propaganda e sim pessoas que se ofende por motivos diversos e até com conotação políticas.
vamos para com esta crise e que cada um viva sua sexualidade sem peso ou medo, pois daqui a pouco vai ser errado ser hétero e todos tem que ser respeitados, quem for gay seja feliz e livre e quem for hétero seja tb livre e feliz, agora quem ainda não sabe o que é não fique frustado e descubra-se!
Vamos respeitar a todos os seres humanos, pois já temos muitos problemas no nosso país com uma saúde que não funciona, crimes insolúveis. uma política corrupta e não precisamos ficar brigando por uma brincadeira.
abraços amigo

Rodrigo Santana disse...

Como já disse: a ideologia exposta pelo comercial está por trás da morte de gente como o menino Alex, espancado pelo pai até a morte para aprender a ser Homem.


Cara então comerciais homossexuais estão por trás de mortes e outros absurdos cometido por alguns homossexuais ou travestis? Não, né. Não existe fundamento no que você disse.

Rodrigo Santana disse...

Como já disse: a ideologia exposta pelo comercial está por trás da morte de gente como o menino Alex, espancado pelo pai até a morte para aprender a ser Homem.


Cara então comerciais homossexuais estão por trás de mortes e outros absurdos cometido por alguns homossexuais ou travestis? Não, né. Não existe fundamento no que você disse.

Trindade disse...

Não vejo nenhuma maldade nesse comercial.

Numa época como essa em que estamos sendo obrigados a ver tanta liberação homossexual na TV, nos jornais, nas ruas e até no Congresso Nacional.
Quando se mostra num comercial, tão bem feito, o nosso orgulho de sermos HOMENS (MACHOS) já se fala em homofobia. Tudo é homofobia agora? Cada um tem a sua opinião. Pare com essa bobagem de "análise de discurso". Você não é o dono da verdade!!! Procure ver as coisas pelo ângulo dos outros. Pare de ver maldade onde ela não existe.

Melissa Mussi disse...

Na verdade, ainda não tenho opinião formada, mas estou buscando olhares feministas sobre o assunto. Tenho o hábito de olhar as coisas com humor. Já vi várias vezes o filme, para tentar identificar alguma faísca de preconceito. Apenas me chamou a atenção: a fala de abertura: Vcs são sobreviventes de uma espécie em extinção o Homem Homem, mas em seguida, é exaltada as qualidades do homem galanteador. Pode ser que

Inspirada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eduardo Sá Leitão disse...

Eu li os comentários e concordo com a maioria. E tenho a dizer que o responsável pela morte do pai do Alex, não é o discurso machista. O responsável é a natureza bestial que alguns seres humanos carregam consigo. Essa natureza patológica, ainda associada a uma ausência de princípios morais e éticos, provoca o comportamento violento observado no pai do garoto. A maneira de agir de um pai, dito machista, pode diferir muito de pessoa para pessoa. A violência não é fruto de machismo, mas da natureza ontológica deturpada por condições inerentes à própria personalidade do ser. Se o discurso machista fosse o responsável pela violência do pai contra o filho, atos semelhantes deveriam ser observados na maioria das famílias, porém não é isso que ocorre. Portanto, acho que culpar um ato isolado como justificativa para a associação entre machismo e violência contra os filhos, uma generalização muito desprovida de elementos que a respaldem.

Sandro disse...

Ahhh gay vá tomar no cú! Ops...esqueci que vocês gostam...

Marcos disse...

Na verdade, o comercial parece um tanto gay. O personagem vai dar um beijo numa mulher linda e desiste em cima da hora para ir a uma reunião com centenas de homens suados e semidespidos, onde se vangloria de usar desodorante com partículas de cabra macho. Wtf? Muito gay. Partículas de cabra macho? Vi a primeira vez e achei o comercial mais gay dos últimos tempos.

Jonatas Augusto disse...

Vai se ferrar seu viado. Da o rabo pode, mas ser homem é crime? Vai tomar no cu!

Jonatas Augusto disse...

Vai se ferrar seu gayzão. Viado se esfregando na tv pode, mas se orgulhar de ser homem é crime? Tomar no cu!

Jorge Luis disse...

Ridículo seu argumento, não sei o que é pior, se é você tentando relacionar homicídio com o comercial , ou você falando em atividades acadêmicas, sendo que você nem soube interpretar o comentário completo e esclarecedor da Calu. Acorda aê Daniel Dantas , deixa de ser ALIENADO

Jorge Luis disse...

O único que fala bobagens aqui é você, querendo dar uma de inteligente e não sabe interpretar textos.

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions