Nota da Sociedade Brasileira de Química em Repúdio a Matéria Publicada pela Revista Veja

15 de dezembro de 2014

A revista Veja publicou, em sua edição de 06/12/2014, uma matéria em que critica as revistas “open access” e os cientistas que nelas publicam. Classificar as revistas “open access” como de baixa qualidade é uma grande falácia. Nas áreas biológicas, as revistas de acesso livre, por exemplo, vêm ocupando posição relevante e alcançando impacto elevado. Há exemplos de editoras de periódicos na área da química, de altíssima qualidade, que possibilitam aos autores pagarem para permitir que qualquer pessoa tenha acesso irrestrito aos seus artigos através da web. O que ocorre é que o "open access" ameaça o mercado das “grandes editoras”, não apenas das “grandes editoras científicas”, algumas das quais são apenas braços de grandes empresas jornalísticas. Não se pode desconhecer que o valor de um artigo científico reside mais no seu conteúdo, do que no veículo de sua divulgação. Por tudo isso é lamentável a exposição leviana de pesquisadores brasileiros que gozam de alto conceito ético e científico no país e no exterior, mas que, certamente, por motivações políticas ou de qualquer outra ordem, têm seus nomes expostos ao grande público como cientistas de questionável honestidade, quando deveriam ser exaltados por tudo que fizeram pela ciência brasileira. A Sociedade Brasileira de Química, através de sua Diretoria, Conselho e Editorias condena a publicação irresponsável desta matéria da Revista Veja.


Sociedade Brasileira de Química

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions