Despesas com pessoal do Governo Rosalba em 2014 ficaram acima do limite da LRF

19 de fevereiro de 2015

O economista Aldemir Freire foi há pouco ao twitter com uma informação preocupante sobre a situação do governo do estado. Segundo Aldemir, o governo Rosalba Ciarlini encerrou 2014 com despesas com pessoal bem acima do limite máximo da Lei de Responsabilidade Fiscal: o percentual foi de 53,42%, quando o limite é de 49%.

A partir desse cenário, diz ainda Aldemir, o governo Robinson Faria tem que trazer o gasto de volta ao percentual de 49% em dois quadrimestres. "A Constituição e a Lei de Responsabilidade Fiscal mandam cortar em pelo menos 20% cargos comissionados e demitir servidores não estáveis", diz o economista. "Se isso não surtir os efeitos desejados até os servidores estáveis podem ser demitidos, segundo a lei", complementou.

Por fim, diz Aldemir, "se não reduzir no prazo, o estado não recebe transferências voluntárias, garantias e não pode obter empréstimos".

Uma possível condenação da ex-governadora pelo desrespeito à LRF parece ser a menor das consequências possível.

0 comentários:

 
De olho no discurso © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions